KleberBriz - O que eu ouvi em 2015? - Parte VII [tekst, tłumaczenie i interpretacja piosenki]

Wykonawca: KleberBriz
Album: Impressões de álbuns 2015
Gatunek: Rap

Tekst piosenki

Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa














Ainda tamo naquela, hip-hop não para
O mundo tá doente, eu mando a rima que sara
(Salve Black "Estilo Livre")

Perdi a conta de quantas vezes eu ouvi esse álbum após o lançamento. Atendeu completamente as minhas expectativas, provavelmente superou tudo que eu espera, justamente porque foi completamente diferente. Esse é um álbum muito pessoal e ao mesmo tempo os sentimento então transmitidos são universais.

Falando da produção, encabeçada pelo Marcus Xuxa Levy e o próprio Emicida, temos uma musicalidade muito agradável, altamente inspirada no MPB e no afrobeat, nenhuma surpresa, afinal o álbum foi produzido e inspirado em uma viagem para o continente africano na busca de fortalecer os laços com a origem negra.

As letras são um show a parte. A levada do Emicida é sensacional, temos faixas rápidas, lentas e que aceleram ou desaceleram dependendo do sentimento que ele quer transmitir, isso dá muita profundidade para as músicas. Quanto as rimas e mensagens, não preciso me alongar muito, é algo sensacional. Temos o "Emicida da Rinha", temos o "Emicida após a viagem", temos o "Emicida pai", temos o "Emicida poeta", enfim, temos um Emicida versátil e mais inspirado do que nunca. Sem contar que cada participação não é à toa.

Assim como no ano passado com o álbum do Criolo, esse álbum vai ser um dos melhores do ano para música, mas talvez não seja o melhor de rap. Isso não quer dizer que é ruim ou que não é rap, porém não é qualquer fã do gênero que vai se sentir contemplado por essa obra. Particularmente, creio que esse é o caminho do rap brasileiro a anos, uma identidade própria e única, que se distancia cada vez mais do americano, andando assim com suas próprias pernas.

Top 5 Destaque: Amoras, Passarinhos, Boa Esperança, Mandume, Madagascar

Entre a Carne e a Alma












E eu tenho pressa lentamente, pulo todos obstáculos
Tentáculos de um governo que faz o conveniente
8 horas por dia tem um dinheiro aí pra gente
Pensa que é salário tu é um escravo mentalmente
(Rir Pra Não Chorar)

Eu praticamente fui para esse álbum sem conhecer com detalhes o resto da discografia do grupo, não é grande, mas aparentemente é de muita qualidade, como é o caso de "Entre a Carne e a Alma". O single do projeto, chamada Ogum, me agradou bastante e o clipe que acompanha também foi muito bem produzido, um dos melhores deste ano.

O grupo é bem harmonioso e o trio se complementa no decorrer das faixas. As letras são bastante poéticas em muitos momentos e a levada dos artistas é única. Os temas, por sua vez, são basicamente a religião/espiritualidade e a vida na favela/realidade que vivem. Essas temáticas se juntam muito bem e dependendo do momento do álbum um deles é mais dominante na faixa. A produção é mais tranquila, com muitos elementos acústicos e algum influência de cloud e trap.

Um ótimo álbum, muito bem executado e demonstram de fato a dualidade entre a realidade (Carne) e a espiritualidade/religião (Alma). Vai ficar marcado por causa de algumas faixas que se destacam e por ter um som único. Com certeza irei acompanhar novos projetos do grupo e irei retomar os antigos agora com mais atenção.

Top 5 Destaque: Ogum, Rir Pra Não Chorar, Eu Só Peço, Luz Em Todo Morro, Deixa o Som Reviver

Compton: A Soundtrack By Dr. Dre









I remember when I got started my intention was to win
But a lot of shit changed since then
Some more friends became enemies in the quest of victory
But I made a vow, never let this shit get to me
(Talk To My Diary)

Definitivamente esse não é um dos melhores álbuns do ano, mas com certeza é um dos mais importantes, o suficiente para aparecer nas listas de 2015 facilmente. Isso simplesmente por ser um lançamento oficial do Dre, algo que não temos já faz quase uma década e meia.

Em termos de produção, como sempre, temos algo muito atual, com elementos de trap aqui e ali, porém com aquela marca que só Dre possui. Liricamente o destaque fica para as participações, mas Dre tem seus momentos, provavelmente apoiado por ghostwriters.

O álbum tem altos e baixos. sendo que os baixão não são tão ruins, contudo, não passam do nível de muita coisa que está sendo lançada esse ano. Já os altos são faixas realmente pesadas e com certeza ficaram marcadas, assim como clássicos dos seus álbuns anteriores. Sem dúvida esse álbum é mais uma confirmação de que 2015 tem sido mágico.

Top 5 Destaque: Talk About It, It's All On Me, Deep Water, For The Love of Money, Talk To My Diary, Animals (Bonus)

Free (Based Freestyle Mixtape)






Ah, so I think by now you may be confused as to what we're doing
We're making an entire piece of content from scratch
Which is where the best things in life come, the best things in life come from nothing
And become something different, so, you know
This is an allegory to life, and life is an allegory to this shit, I guess

Não tem muito o que falar dessa mixtape de freestyles, ela é pura diversão. Chance é um dos artistas mais badalados do momentos e o trabalho dele em sua cidade natal é sensacional, não há como dizer que ele é um dos caras mais importantes e diferentes da cena. E Lil B tem uma popularidade estranha, assim como o seu estilo. Ou seja, a ideia é tão loca quanto sua execução. Ouça e se diverta.

Babylon by Gus, Vol. 2: No Princípio Era o VerboVinte anos e avante, não atrapalha
E eu me mantenho relevante
Entre uma pá de rima palha
(Rock'n'roll)

Depois de um hiato considerável de seu primeiro clássico, Gustavo Black Alien retorna a cena com um dos melhores discos dos últimos anos. Um trabalho que com certeza vai reverberar por algumas gerações como o antecessor "Babylon by Gus Vol I: O Ano do Macaco".

Muito bem pensado, não demora muito para percebemos a dedicação imposta nesse álbum, desde as letras até a produção. As composições aqui são complexas, mesmo após algumas ouvidas é difícil encontrar todas referências, muito menos desvendar todos jogos de palavras e figuras de linguagens. A produção que me preocupava um pouco é inovativa e moderna, diria até à frente de seu tempo, como ocorrer no "Vol. I". As participações, apesar de poucas, são precisas e elevam o disco.

Temos com Black Alien a personificação de um "mestre de cerimônias" (MC), mas não apenas alguém que anima a multidão, mas alguém que conquista os ouvintes com sua classe, com suas palavras bem posicionadas e uma produção de deixar muitos com inveja. Em 2015, Gustavo retorna em forma, mostra o porquê de ser tão relevante e está pronto para retomar a coroa.

Top 5 Destaque: Rolo Compressor, Rock'n'roll, Terra, Skate no Pé, O Estranho Vizinho da Frente

Tłumaczenie piosenki

Nikt nie dodał jeszcze tłumaczenia do tej piosenki. Bądź pierwszy!
Jeśli znasz język na tyle, aby móc swobodnie przetłumaczyć ten tekst, zrób to i dołóż swoją cegiełkę do opisu tej piosenki. Po sprawdzeniu tłumaczenia przez naszych redaktorów, dodamy je jako oficjalne tłumaczenie utworu!

+ Dodaj tłumaczenie

Wyślij Niestety coś poszło nie tak, spróbuj później. Treść tłumaczenia musi być wypełniona.
Dziękujemy za wysłanie tłumaczenia.
Nasi najlepsi redaktorzy przejrzą jego treść, gdy tylko będzie to możliwe. Status swojego tłumaczenia możesz obserwować na stronie swojego profilu.

Interpretacja piosenki

Dziękujemy za wysłanie interpretacji
Nasi najlepsi redaktorzy przejrzą jej treść, gdy tylko będzie to możliwe.
Status swojej interpretacji możesz obserwować na stronie swojego profilu.
Dodaj interpretację
Jeśli wiesz o czym śpiewa wykonawca, potrafisz czytać "między wierszami" i znasz historię tego utworu, możesz dodać interpretację tekstu. Po sprawdzeniu przez naszych redaktorów, dodamy ją jako oficjalną interpretację utworu!

Wyślij Niestety coś poszło nie tak, spróbuj później. Treść interpretacji musi być wypełniona.

Lub dodaj całkowicie nową interpretację - dodaj interpretację
Wyślij Niestety coś poszło nie tak, spróbuj później. Treść poprawki musi być wypełniona. Dziękujemy za wysłanie poprawki.
Najpopularniejsze od KleberBriz
O que eu ouvi em 2015? - Parte IV
50
{{ like_int }}
O que eu ouvi em 2015? - Parte IV
KleberBriz
O que eu ouvi em 2015? - Parte VI
49
{{ like_int }}
O que eu ouvi em 2015? - Parte VI
KleberBriz
O que eu ouvi em 2015? - Parte III
48
{{ like_int }}
O que eu ouvi em 2015? - Parte III
KleberBriz
O que eu ouvi em 2015? - Recapitulação do 1º Semestre
47
{{ like_int }}
O que eu ouvi em 2015? - Recapitulação do 1º Semestre
KleberBriz
O que eu ouvi em 2015? - Melhores do ano
46
{{ like_int }}
O que eu ouvi em 2015? - Melhores do ano
KleberBriz
Polecane przez Groove
Intentions
2,5k
{{ like_int }}
Intentions
Justin Bieber
Darkness
2,2k
{{ like_int }}
Darkness
Eminem
No Time to Die
857
{{ like_int }}
No Time to Die
Billie Eilish
Habitual
357
{{ like_int }}
Habitual
Justin Bieber
Cinnamon
169
{{ like_int }}
Cinnamon
Hayley Williams
Popularne teksty
Hard For Me
9,7k
{{ like_int }}
Hard For Me
Michele Morrone
Intentions
2,5k
{{ like_int }}
Intentions
Justin Bieber
Watch Me Burn
1k
{{ like_int }}
Watch Me Burn
Michele Morrone
No Time to Die
857
{{ like_int }}
No Time to Die
Billie Eilish
Shallow
72,2k
{{ like_int }}
Shallow
Lady Gaga